09 março 2011

Dezesseis Luas – Beautiful Creatures

««««««
[muito bom]


Eu recomendo: Dezesseis Luas – Beautiful Creatures
Autor: Margaret Stohl & Kami Garcia
Editora: Galera

Sinopse:
Ethan estava tentando levar sua vida na maior “normalidade” possível, depois da morte de sua mãe seu pai se trancou em seu escritório vivendo como um vampiro, sobrando para Ethan apenas o apoio de Amma, empregada da casa por quem ele foi criado. Apesar de tudo a vida continua e tudo em Gatlin está como sempre foi. Gatlin é uma dessas cidades pequenas do interior, onde nunca acontece nada, onde as pessoas vivem do passado, de acontecimentos históricos e de árvores genealógicas. Mas uma nova moradora abala a cidade, Lena, sobrinha de Ravenwood, o velho misterioso que morava na casa mal-assombrada da cidade. Todos na escola a afastam e fazem brincadeiras de mau gosto, mas não Ethan. Ele se vê desesperadamente atraído por ela e sabe que a conhece dos seus sonhos, a menina por quem ele está apaixonado. Mas as coisas não vão ser nada fáceis, e não digo isso pelo preconceito que vão encontrar na escola, ou melhor, em toda a cidade de Glatin, que não gosta nem um pouco de coisas estranhas. As coisas vão ser difíceis porque é assim que é um relacionamento entre espécies, mortais e conjugadores (no popular: bruxas) não devem se relacionar, principalmente se há uma chance dessa conjugadora ser invocada pelas trevas.

Meu cantinho:
Pense em todos os romances sobrenaturais que você já leu e me diga o nome de um em que a narração, o ponto de vista da história seja a da parte masculina do casal. Eu realmente não me lembro de nenhum, sempre há o casal, normalmente o foco é na menina, pode haver partes da história que seja contada pelo ponto de vista do homem, ou que o casal divida o holofote, mas nunca tinha lido um livro em que o foco está todo no homem. Toda história é contada a através da perspectiva de Ethan, o menino normal, mortal, que tem sua vida atropelada pela conjugadora Lena. Achei isso muito interessante, porque o ponto de vista é sempre feminino, e sempre temos que enfrentar as neuras, maluquices e muitas vezes confusões que a cabeça feminina faz. Não estou querendo ser machista, mas quem já leu algumas resenhas minhas sabe que sempre crítico aquelas personagens que não tem amor próprio, tipo a Sookie em Morto até o anoitecer ou Nova em Crescendo. Nesses tipos de romance a mulher sempre fica louca neurótica, se humilha pelo cara. Em Dezesseis Luas as coisas são diferentes, Ethan passa por algumas “crises” no seu relacionamento com Lena e é interessante ver a reação e o ponto de vista masculino. Acho que apenas por essa mudança nos “padrões” o livro merece uma atenção especial, ultimamente muitas histórias se repetem, muitas coisas são copiadas, algo diferente (no sentido positivo) sempre deve ser valorizando. Mas o livro tem várias outras características que fazem dele uma leitura a ser apreciada. O livro é repleto de mistérios, pistas que as escritoras oferecem e pontos que você vai ligando até perceber o significado do relacionamento entre Ethan e Lena. Como a própria Lena que é uma conjugadora está no escuro sobre muitos assuntos mágicos por não ter passado ainda pela invocação, o leitor tem a chance de ir descobrindo os mistérios dessa história ao lado dos personagens.
O livro no começo “enrola” um pouco, eu digo enrola porque Ethan e Lena enfrentam muitos problemas por conta do preconceito da cidade com o jeito diferente dela e tudo mais. Mas as velhas chatas da cidade são os menores dos problemas e a situação com elas (que foi muito tensa no momento em que você lê) acabaram parecendo brincadeira de criança quando finalmente chega o dia do aniversário de dezesseis anos de Lena.  O final é pura tensão e quando chega a última página só fica aquele gostinho de quero mais!

Continuação:
Dezesseis Luas é o primeiro volume da série Beautiful Creatures.O segundo livro da série é Beautiful Creatures, ainda sem previsão de lançamento no Brasil

6 comentários:

Izabelly disse...

Eu também adorei DL, terminei de ler faz uns dois dias, agora é esperar pela continuação, né?!

Bjao
Iza
Três estrelinhas

★★ GIZA ★★ disse...

NOSSA AMIGA. ESTOU MUITO AFIM DE LER ESSE LIVRO.
MAS O ORÇAMENTO ANDA MEIO APERTADO..
BEIJOS

Hangover at 16 (contato) disse...

Awwn, adorei sua resenha! Se eu já tinha vontade de ler esse livro antes, imagina agora! *-*

xx carol

João Paulo disse...

Quero muito ler, é a segunda resenha que leio e sempre positiva!

J.
-The Eater of Books

Alexander Filipe disse...

Se tiver alguém com dúvida em relação ao livro e não leu ainda por causa disso ta perdendo tempo! O livro é muito, muito, mas muiiiitooo BOM! Eu QUERO a continuação o quanto antes!!!!
;D

Alexander Filipe disse...

E em relação ao romance narrado por um menino! Totalmente apoiado, acho que é por isso que gostei tanto assim do livro!

Postar um comentário